Weby shortcut 1a5a9004da81162f034eff2fc7a06c396dfddb022021fd13958735cc25a4882f
topo.jpg

Grafismo

Atualizado em 19/11/14 09:23.

Grafismos - SítioAbrigo Pedra Talhada

Essa apresentação é uma síntese do resultado do estudo de grafismos rupestres (pintura em rocha) do GO-Ni.176 (Sítio Abrigo Pedra Talhada). O abrigo foi identificado em 1995, a 50m da margem esquerda do Rio Tocantinzinho, no município de Niquelândia. Trata-se de um subprograma do Projeto de Salvamento Arqueológico Pré-Histórico da UHE Serra da Mesa. Foi realizado por uma equipe da Universidade Federal de Goiás, com a colaboração de outras instituições nacionais de pesquisa e com o aporte financeiro de FURNAS Centrais Elétricas S/A, tendo em vista o resgate arqueológico da área da usina hidrelétrica de Serra da Mesa.

Conheça a Exposição

Os registros rupestres, compostos exclusivamente por pinturas, foram localizados em dois setores do sítio:
No Setor 1, as pinturas ocuparam, em linha descontínua, 50m do paredão rochoso. Estavam situadas numa altura variável de 0m a 3m da superfície do solo.
O Setor 2, pequeno abrigo em patamar superior ao Setor 1, apresentou um número reduzido de pinturas. Algumas delas, atingiram 25m de altura do piso do abrigo.

Foram resgatados no sítio outros testemunhos arqueológicos: material cerâmico; lítico polido lascado; material vegetal; material ósseo animal e humano; adorno confeccionado em diferentes matérias-primas e estruturas de combustão.

O registro rupestre foi representado predominantemente por grafismos puros – losangos geminados, triângulos, linhas paralelas ligadas por segmento perpendicular, linhas cruzadas e conjuntos de pontos.
Foram identificados também os zoomorfos – formas de animais representadas por répteis e ave (corpo circular, duas patas e dedos voltados para o alto, diferente dos répteis, que têm patas para os lados, situação estática, sem representação de movimento).

Ainda que as camadas do solo se mostrassem perturbadas, pode se comprovar a ocupação do local entre 2.121 anos A.P. e 577 anos A.P. (método termoluminescência).

A reprodução dos grafismos rupestres do Abrigo Pedra Talhada foi feita por meio do registro das pinturas em eslaides e pela técnica de decalque.

Mesmo que os grafismos se assemelhem aos atuais desenhos esquemáticos, como, por exemplo, um "sol", não se deve assim denominá-lo, visto que pode ter outro significado.

Os dados divulgados pelo PA-SALV-SM (1998), identificaram os grafismos do Sítio GO-Ni.176 como relevantes para a compreensão cultural de grupos humanos pré-históricos ocupantes da região Centro-Oeste do Brasil.

Os objetos expostos resultam da pesquisa de campo, dos estudos e das análises laboratoriais.

Com mais essa mostra, o MA/UFG devolve à comunidade parcela do conhecimento gerado pela pesquisa, cumprindo parte dos compromissos acadêmicos assumidos com a empresa e o público em geral.

Profª. Dilamar Candida Martins
Profª. Judite Ivanir Breda

 

Listar Todas Voltar